terça-feira, 18 de agosto de 2020

ENTRE REFORMAS E INAUGURAÇÕES EM ITATUBA: Quem foi Napoleão Pinto de Oliveira?

 

É impossível olhar para Itatuba e não se deslumbrar com o trabalho e as ações empreendidas pelo atual prefeito daquele município, Aron René. Nas diversas ações realizadas no decorrer do ano (e de sua administração), e, em especial a semana passada.

O gestor de Itatuba, juntamente com a sua equipe administrativa realizou e entregou diversas obras nas áreas de saúde, educação e infraestrutura em localidades como: Jacaré, Bolas, Serra Velha, Morro dos Macacos, Melancia, Jurema e Juá.

O Ciclo de inaugurações teve sua culminância com a entrega a população da reformada e ampliada antiga escola do CNEC, que em reconhecimento ao trabalho e o pioneirismo de um homem que dedicou sua vida a educação, recebeu seu nome: Napoleão Pinto de Oliveira.

Mas quem foi Napoleão Pinto de Oliveira?

Conforme pesquisa realizada pelo Secretario de Cultura e Turismo do Município de Itatuba, o senhor Jaelson Alves de Andrade, o professor Napoleão Pinto de Oliveira seria, “ Oriundo, provavelmente, de Pernambuco, chegou no sítio Jacaré no município de ITATUBA, trabalhando inicialmente para José Rodrigues de Atayde, onde, pelos seus conhecimentos, supostamente autodidata, começou a classificar o algodão e por esta habilidade passou a trabalhar na Usina de Beneficiamento de Algodão de Honório Valeriano de Oliveira e José Rodrigues de Ataíde na sede do município de ITATUBA, morando inicialmente, na antiga casa da Fazenda Retiro, de José Lacerda Cavalcante, mais tarde, prefeito de Itatuba.

A empresa inglesa, Anderson Clayton, com filial em INGÁ o contrata como classificador de algodão e tradutor visto que, como poliglota, dominava alguns idiomas: francês, inglês, português, latim e alemão. Este último idioma acabou dando-lhe a alcunha de alemão, muitos acreditavam que o professor fosse proveniente da Alemanha vindo para cá no pós guerra mundial.

Mesmo quando trabalhou no município vizinho, não se mudou de ITATUBA onde ficou radicado até sua morte nos estertores da década de 1970.

Em ITATUBA fundou uma escola primária e ginásio denominada SAENSA - Sociedade de Alfabetização e Ensino Nossa Senhora do Amparo - para educação da população. Na SAENSA também funcionou cursos de Oratória e Matemática que tiveram alguns alunos célebres que vieram a se tornar médicos, engenheiros, políticos, desembargador, etc.

Com o apoio de Honorário Valeriano, amigo do deputado Plínio Lemos consegue recursos para construção da nova sede da SAENSA, o Ginásio Plínio Lemos, depois denominado Ginásio 3 de Abril, alusão à data de aniversário de Plínio Lemos, cujo nome teve que ser tirado por força de lei que não permitiu nomeações de instituições públicas com nome de vivos. A obra iniciada em 1964 se conclui quatro anos após num espaço grandioso que mais tarde se tornaria Ginásio Cenecista 3 de Abril da CNEC - Campanha Nacional de Escolas da Comunidade.

Homem de conhecimento enciclopédico, sua cultura e erudição harmonizavam com sua simplicidade e determinação no trabalho e no bem comum”. (texto e pesquisa: Jaelson Alves de Andrade).

            Além do prefeito Aron Andrade, corpo de secretariado municipal, professores, cidadãos itatubenses, vereadores e entre outros.  O evento ainda foi agraciado pela presença do deputado João Gonçalves.

Parabéns a todos os itatubenses pelas conquistas.

Parabéns Aron pela forma digna e honesta pela qual trata e vive com o seu povo!

Nenhum comentário:

Postar um comentário