sexta-feira, 7 de agosto de 2020

ENFIM! PRONTO O PRIMEIRO ROMANCE HISTÓRICO INGAENSE: Zabelê!

 

Hoje, é com uma alegria enorme, que quase não cabe no peito, que eu Alexandre Ferreira, venho aqui nesse espaço compartilhar com todos os meus amigos e leitores, a conclusão do meu mais novo livro: ZABELÊ. Trata-se de um romance histórico, ambientado entre os séculos XIX e XXI, no município do Ingá, cuja a temática transita entre escravismo, patriarcalismo... entre outros aspectos.


E, como não poderia ser de outra forma, atribuo este livro – Zabelê - a quem de fato me fez ver e acreditar na história... que de uma forma ou de outra me fizeram evoluir e enxergar um mundo imerso em ausências, silêncios, memórias e reticencias...

Agradeço a Silvia por tudo! Por me fazer entender laços.

Agradeço a Marcinha, a mãe de minha Tata, por me descrever de uma forma, que todas vezes que lembro, não consigo conter um riso feliz de deslumbramento “Você anda com a lua e caminha com os caracóis”!

Agradeço a meu amigo e irmão Pedro Ivo, que mesmo nas ausências, esteve sempre presente com aquilo que ele sabe ser de melhor!

Agradeço a Anderson pelas nossas conversas, e, mesmo sem ter consciência, ele me indicava caminhos.

Agradeço a Bê (apelido carinhoso) por muitas vezes ser meu juízo, minha, mãe, amiga e ouvidos!

E, por fim, não necessariamente nessa ordem. Agradeço a Deus por me dar o maior presente que alguém poderia ter nessa vida que são os meus dois Bezim: Marcela Meireles Ferreira & Tarcila Maria Veríssimo Ferreira.

A todos (as) vocês, dedico o primeiro romance ingaense:  Zabelê!!

OBS: Me tornei alguém melhor por vocês!

Nenhum comentário:

Postar um comentário